Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

As roupas da morte não servem (João 20.1-10) - Páscoa 2016

Imagem
Quando um judeu morria, seu corpo era envolto em faixas. A roupa da morte travava todo o corpo. Devia ser linho branco. A pessoa ficava como a múmia egípcia, mas sem  todo aquele preparo. Todos os órgãos deviam ser enterrados com a pessoa, seu corpo não poderia ser profanado. Perfumes eram colocados em seu corpo. As carpideiras – choradeiras profissionais – deviam lamentar e chorar pelo falecido.
As roupas da morte escondiam quaisquer feridas, deformações ou podridão. Ao contemplar as roupas da morte, ninguém poderia ficar escandalizado ou assustado. As roupas da morte escondem a morte, despistam, minimizam a dor.
A Bíblia diz que a gente também estava morto em nossos pecados e delitos – Efésios 2. E usamos muitas roupas de morte e também perfumes para esconder os cheiros da morte ou a feiúra dela. Se ao menos as pessoas pudessem ver nossas almas, poderiam descrever quanta podridão e tristeza, quanta corrupção e que desastre algumas delas poderiam, ou talvez ainda podem, trazer. As r…