Resoluções de ano novo (Salmo 90)

Em todo ano novo, costumamos renovar nossas resoluções. São as coisas que queremos mudar em nossas vidas, projetos que queremos finalizar, situações e posições que almejamos alcançar e sonhos que pretendemos se tornem realidade.
O salmista tem uma resolução de vida que desejo tomar para mim em 2008: “Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios”. Há um hino que cantamos no louvor, o qual afirma: “Quero aprender com meus erros e não mais cometê-los”. Avançar no caminho da sabedoria e da santidade é isso: ter o alvo no alto, buscar crescer à estatura de Cristo, aperfeiçoar em nós seu caráter mais e mais.
Realizar sonhos, alcançar posições, adquirir bens e recursos, adquirir conhecimento... todos esses são alvos desejáveis, admiráveis e dignos, porém o cristão não pode esquecer que vive neste mundo à espera da eternidade. Tem de preparar sua vida, seu ser interior, sua alma para este instante eterno que se abre além. De nada adianta a uma pessoa ganhar o mundo inteiro, disse Jesus, se perder sua alma.
Assim, proponho a cada um de nós, homens e mulheres, que, dentre nossas resoluções de ano novo, esteja a de nos tornarmos pessoas mais sábias aos olhos do Pai. Mais cheias do seu Espírito, mais comprometidas com sua missão, mais ativas em nossos ministérios, mais atentas à Palavra, mais santificadas no pensar, no falar, no agir e no pensar. Sabedoria do alto, não obtida nos bancos de academia, mas nos joelhos dobrados diante do altar.
Não deixemos que os dias de nossa vida simplesmente passem. Contá-los é dar-lhes valor e fazê-los úteis. Perder a conta dos dias é perder a vida e o seu melhor. Ponha seus dias a serviço do rei em 2008. Faça a diferença!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O sonho de Jacó (Gênesis 28.12)

Isaías 6.1-8 A brasa do altar

Pagar o preço