Postagens

“Sê forte e faz a obra” (1 Crônicas 28. 6-10)

Imagem
Em 1 Crônicas 28, Davi apresenta ao povo seus planos de construção do templo e seu herdeiro ao trono, Salomão. Davi está idoso, prestes a falecer. Ele quer garantir que tudo o que Deus determinara vai ser feito, mesmo após sua morte. A construção do templo é uma dessas determinações. É um sonho de Davi, há muito acalentado e que ele sabe que não poderá ver realizado. Imagino que seu sentimento é o mesmo de Moisés sobre o Monte Nebo. Uma perspectiva de tarefa cumprida, um desejo de ir além, uma impossibilidade. Mas também a confiança na promessa de Deus de que outras pessoas alcançarão o que eles apenas vislumbram. Deve ter sido muito difícil para Davi abrir seu coração ao povo, mas ele admite abertamente que não poderá construir o templo porque Deus o considera um homem de guerra, que havia derramado muito sangue. Alguém assim não poderia construir um templo que deveria ser em louvor a Deus. No culto, não há espaço para guerras, contendas, violência. Diante da presença de Deus deve ha…

A vocação da alegria

Imagem
O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim, porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. (Isaías 61.1-3)
Este texto bíblico é certamente um dos mais importantes para todas as pessoas que se sentem vocacionadas por Deus para algum ministério específico em suas jornadas espirituais por três razões principais, que passo a listar: 1. Porque determina a visão última da nossa vida em Deus: não apenas “o que” fazemos mas “para que” fazemos, qual o fim último de nossas ações. 2…

Sobre sacis na garrafa

Uma amiga, estudante de pedagogia, me perguntou como trabalhar as lendas com pais e mães evangélicos, que estão fazendo seus filhos e filhas faltarem às aulas sobre o tema. Pergunto eu o que anda acontecendo com o mundo. Pergunto eu como é que a gente pode crescer como ser humano escutando e vivendo só o universo da gente. Refreando todo o conhecimento do outro e da outra. Pensando do ponto de vista do que nós, cristãos e cristãs, queremos proclamar, como é que pode, ao menos, haver proclamação do Evangelho, que é acolhida, quando a gente para de escutar o outro, a outra? O apóstolo Paulo me deu a deixa. Há coisas que são mandamentos do Senhor. Há coisas que são o bom senso, a experiência e o modo da gente de olhar a vida. Assim sendo, quero refletir sobre isso, dizendo eu, não o Senhor. Não pretendo ser a sábia, e também peço a gentileza de não esculhambar nos comentários porque isso aqui é uma opinião e talvez não queira dizer nada para você. Bem, existem outras histórias e outras cr…

Os princípios do relacionamento em Rute 1:16-17 (Ministração aos pastores e pastoras do ENPP 2017)

Imagem
Introdução O ministério pastoral é um grande desafio para todos e todas nós. É um espaço de dificuldades, mudanças e muitos instantes de solidão. Assim dizem todas as pessoas entendidas da vivência pastoral. Porém, nos encontramos num momento único, em que a Igreja fala tanto de discipulado e quer redescobrir este valor. A Igreja Metodista define o discipulado como relacionamento. Porém, às vezes é justamente no momento de crise que percebemos o quanto nossos relacionamentos são frágeis, superficiais. Procuramos alguém que nos dê suporte e não encontramos. Por quê? Vamos ver na experiência de Rute que um relacionamento significativo, especialmente no contexto ministério, requer alguns princípios de intencionalidade. Para isso, vamos ver o texto no seu quadro maior.

Os nomes em Rute e como eles contam a história Rute, do ponto de vista do gênero literário, é uma novela. A novela é um estilo bem próprio, no qual as tramas dos personagens visam a uma grande história a ser contada. Os deta…

Discurso na Câmara dos Deputados em homenagem aos 50 anos do Cogeime (texto na íntegra)

Bom dia a todas as autoridades aqui presentes nesta manhã. Ao senhor presidente da Câmara, Sr. Rodrigo Maia, aos deputados e deputadas presentes, particularmente ao Sr. Áureo Ribeiro, proponente da homenagem ora feita ao Cogeime. Bom dia também a toda a comunidade metodista aqui representada, aos amigos e amigas que nos prestigiam e às crianças do Cecosal, que também vieram nos prestigiar. Que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo venham, nesta manhã, a se infundirem em nosso coração e alma. Nesta manhã, falo em nome da Oitava Região Eclesiástica, que integra os Estados do Mato Grosso, Tocantins, Goiás e Distrito Federal. Em nome da Bispa Marisa Freitas Ferreira, bispa da Região Missionária do Norte e bispa assistente do Cogeime, que infelizmente não pôde estar presente a este conclave. E em nome do Colégio Episcopal da Igreja Metodista, composto por 10 bispos e bispas que atuam em todo o Brasil. No Antigo Testamento, a palavra moreh, traduzida por professor, ou mestre, tem a …

21 Dias de Oração - Mês do Coração Aquecido

21 Dias de Oração e Jejum em perspectiva pastoral
Nestes próximos 21 dias que antecedem à Comemoração do Coração Aquecido, senti no meu próprio que deveria pensar no ministério ao qual eu fui chamada com mais intensidade e consagrar a Deus mais uma vez a minha vida neste sentido. Eu me senti particularmente desafiada pelo “Discurso ao Clero” de Wesley e vou usá-lo como base para esses pensamentos. Também decidi dar uma estudada em seus sermões, cartas e trechos em que fala de sua própria vocação. Para fazer isso direito, peço permissão para fazer uso da linguagem inclusiva, porque no tempo dele não havia pastoras. No “Discurso ao Clero”, ele começa perguntando: “Que tipo de homens (pessoas) devemos ser? Somos deste tipo ou não?”.
Dia 1: O tipo de pastor e pastora que ajuda as outras pessoas a avançar Leitura bíblica: "Dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos chefes, e todos os seus irmãos sob suas ordens" (1Cr 12.32). Reflexão…