Liturgia do culto das crianças


Tema: É primavera... e Deus plantou um jardim...
Adoração
Acolhida (feita por dois adolescentes)
Leitor/a: Queremos que a graça e a paz de Deus sejam com todos vocês. Nós estamos alegres por estar na casa do nosso Pai e queremos fazer um culto a Ele tão bonito, com as cores da primavera que Ele faz para nós, todos os anos...
Leitor/a: Abra seu coração nesta noite, pois Jesus falou que somente aquele que se tornar como uma criança pode entrar no Reino de Deus.
Leitor/a: Queremos cantar, orar e louvar com nossas crianças, lembrando que o mundo começou quando Deus fez um jardim e depois vinha passear nele, junto com Adão e Eva, todas as tardes.
Leitor/a: Rubem Alves disse: “Eu acho que Deus, ao criar o universo, pensava numa única palavra: Jardim! Jardim é a imagem de beleza, harmonia, amor, felicidade. Se me fosse dado dizer uma última palavra, uma única palavra, Jardim seria a palavra que eu diria." Vamos louvar a Deus cantando um hino do Hinário que nos faz lembrar do Jardim:
Cântico: Jardim de Oração (Hinário...)
(Enquanto o hino é cantado, as crianças entram e vão colocando flores no altar, vasinhos e também brinquedos, representando suas ofertas a Deus)
Leitura Bíblica (por um/a adulto/a): Gênesis 2.4-17
Confissão
Leitor/a: Mas Deus continuou sonhando com seu Jardim. Rubem Alves escreve assim: “Percebi que a Bíblia Sagrada é um livro construído em torno de um jardim. Deus se cansou da imensidão dos céus e sonhou... Sonhou com um... jardim. Se estivesse feliz lá no céu, não teria se dado ao trabalho de plantar um jardim. A gente só cria quando aquilo que se tem não corresponde ao sonho. Todo ato de criação tem por objetivo realizar um sonho. E quando o sonho se realiza, vem a experiência de alegria. Nos textos de Gênesis está dito que, ao término do seu trabalho, Deus viu que tudo era muito bom. O mais alto sonho de Deus é um jardim.”
Leitor/a: Mas acontece que o ser humano desobedeceu ao mandamento de Deus. Tornou-se egoísta e, desta forma, destruiu a beleza do Jardim, deixou de apreciar a vida que Deus tinha lhe dado... Por isso há hoje crianças que estão abandonadas, sozinhas, que sofrem, que não podem brincar, que não têm família. Todos os dias, acontecem coisas que querem roubar a nossa alegria...
Teatro: Ladrão de alegria
Leitura (por um jovem): Zacarias 8.4-6
Leitura (por um juvenil): Isaías 11.6-9
Leitura (pelo/a pastor/a): Apocalipse 21.1-4
Leitor/a: Deus promete perdão e restauração para a vida de todas as pessoas. As crianças de nossa comunidade, de nossa cidade e do mundo inteiro são os frutos das promessas de Deus. E hoje elas vão proclamar o perdão de Deus sobre nós, dando-nos pequenos cartões floridos. (As crianças entram, vestidas de flores, abelhas e joaninhas, distribuindo cartões, enquanto passa no telão o vídeo “Somos um jardim” (Daniel de Souza) com fotos delas).
Louvor
Cântico das crianças (coord. Tia Jane)
Ministério de Louvor
Leitor/a: A primavera, com suas flores, alegria e cores, nos convida às atividades que fazem bem ao corpo e ao coração, como os esportes, por exemplo... E até nisso podemos louvar a Jesus, pela energia que Ele coloca nos corpos de nossas crianças, para sorrir, brincar, se divertir e prestar honra e louvor a Ele. Vamos acolher nossas crianças numa coreografia especial.
Coreografia infantil
Edificação
Mensagem: Pra. Hideide Brito Torres (A lagarta e a borboleta)
Coral
Bênção Final e Encerramento com oração especial pelas crianças

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Isaías 6.1-8 A brasa do altar

O sonho de Jacó (Gênesis 28.12)

Pagar o preço