Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Coisas de que eu me lembro...

Imagem
Bem na linha saudosista desses dias que estou vivendo, comecei a me lembrar de coisas que eu adorava quando era criança e adolescente. Será que você também viveu uma fase dessas?
- Eu adorava balas chita... lembra disso? E tinha umas que vinham em tiras... eram quadradinhas e com uns desenhos de animais coloridos... não lembro mais o nome. E tinha a bala Soft - a de uma era uma delícia. O problema da bala é que era lisa demais e passava direto pela goela da criança. Haja coração de mãe na hora de desengasgar a pobre... A mesma coisa era um chiclete chamado Bubble Gum (acho que é isso...)
- Eu adorava ler a coleção Vaga-lume. Quando estava na quinta série, estourei meu cartão da biblioteca por três vezes no ano, por causa dos livros... O caso da borboleta Atíria, Um cadáver ouve rádio; Deus me livre!; Cem noites tapuias; O menino de asas; A ilha perdida; Açúcar Amargo; Éramos Seis; O escaravelho do diabo; Pega ladrão; Spharion; Tonico; Zezinho, o dono da porquinha preta.
- Eu adorava a…

Coisas que eu nunca fiz

Imagem
Esta é a pequena época do ano em que meu marido é mais velho do que eu... Temos apenas 15 dias de diferença um do outro. Pleno carnaval, farei 37 anos. Fico pensando no que isso significa e o que mais tenho concluído é que há um monte de coisas que eu nunca fiz; talvez a hora seja essa. Não falo de coisas muito sérias e importantes. Falo que coisas que poderiam tornar minha alma mais sensível e meu coração mais leve. Já fiz muitas coisas sérias na minha vida. Como diz meu amigo Moisés Coppe, de vez em quando a gente deve fazer "baboseira". Quem me conhece deve achar que não sou capaz. Talvez seja hora de mudar alguns conceitos das pessoas a meu respeito. Já se aproxima o cabo da boa esperança. Como disse Jesus a Pedro, pode chegar a hora de me levarem aonde eu não queira ir. Então, pensando na lista das coisas que eu nunca fiz, enumerarei algumas. Se eu pensar em algo a mais, acrescento depois!
1. Eu nunca tomei chuva de propósito - depois que assisti ao filme "Filhas d…